Os Instrumentos Mágicos

Os instrumentos usados nos rituais da Wicca têm a sua origem perdida no tempo. Eles são importantes focos de concentração e ferramentas para provocar alterações de consciência, mas é preciso que se saiba exatamente o seu significado para que sejam usados corretamente. Embora eles possam dar um toque de beleza e alegria aos rituais, uma verdadeira Bruxa jamais deve ficar dependente deles, porque a verdadeira Bruxa se faz com a mente e com o coração!

                           Caldeirão

Picture
O Caldeirão Embora algumas tradições discordem, a meu ver, o Caldeirão é o instrumento mais importante e significativo para as Bruxas. Ele representa o Útero da Grande Mãe, ou seja, a origem do Universo e de toda a Vida. dele viemos e para ele retornaremos eternamente.
                   É no Caldeirão que as Bruxas preparam os feitiços, as poções e acendem o fogo para os rituais, quando não é possível acender uma fogueira ao ar livre. Nele se realiza a Grande Alquimia Universal.
                De preferência, ele deve ser de ferro, com três pés, representando os três aspectos da Deusa. Está ligado ao elemento Água.

                              Cálice

Picture
O Cálice Associado ao mito do Santo Graal, o Cálice é usado para consagrar e beber o vinho dos rituais, tendo o mesmo simbolismo do caldeirão.
  Ele foi introduzido na Wicca em época mais recente. Em algumas tradições mais puristas é substituído por uma concha ou um chifre, onde se toma o vinho. Da mesma forma que o Caldeirão, liga-se à Água.

                            Punhal

Picture
O Punhal Tradicionalmente, o punhal da Wicca é de Lâmina dupla com cabo preto, sendo chamado ATHAME (pronuncia-se átame), uma palavra de origem incerta que significa "O que não morre". Ele representa a energia masculina, sendo um símbolo fálico dentro do ritual.
                 Ele é utilizado para traçar círculos, e, durante a Consagração, é introduzido no Cálice para simbolizar a União do Deus e da Deusa. Os ramos mais tradicionalistas substituem o Punhal pela Varinha Mágica, alegando que ele foi introduzido recentemente na Wicca, não fazendo parte dos instrumentos tradicionais. O mesmo se diz da Espada, pois ele é um instrumento de Magia Cerimonial, que nada tem a ver com a Bruxaria.

                   Vassoura Mágica

Picture
A Vassoura Esta é uma velha conhecida e amiga das Bruxas! Toda Bruxa que se preza tem uma Vassoura!
                Ela representa a União das Energias Universais. Os pelos e o cabo representam, respectivamente, os órgãos sexuais feminino e masculino. havia um ritual muito antigo em que as Bruxas saíam "cavalgando" as vassouras pelos campos e dando grandes pulos, para que as plantas crescessem da altura de seus saltos.
             Talvez daí tenha vindo a crença de que podiam voar. A Vassoura pode ser decorada com Símbolos Sagrados e ter a sua Assinatura Mágica.
                Antes do ritual, ela é usada para varrer o local onde ele será realizado, representando a limpeza espiritual de toda Energia Negativa.
               Ela também serve de ponte entre o espaço do círculo e o mundo exterior, isto é, ela pode ser colocada deitada num ponto, e, se alguém precisar sair, pode fazê-lo pulando a Vassoura sem quebrar o círculo, e procedendo da mesma forma ao voltar.
               É bom saber que crianças e animais podem entrar e sair do círculo sem quebrá-lo. Em algumas cerimônias de Casamento (na minha foi assim...), os noivos pulam a vassoura como símbolo de sorte e felicidade.

               Bastão ou Varinha Mágica

Picture
O Bastão ou a Varinha Mágica  tem o mesmo simbolismo do Athame, embora segundo algumas tradições esteja mais ligada ao elemento Fogo.
                   Tradicionalmente, ela deve ser feita de uma árvore sagrada como a Aveleira, o Carvalho ou a Macieira, embora eu acredite que qualquer árvore deve servir, desde que você tenha por ela alguma predileção ou ligação emocional.
                   O galho da árvore deve ser cortado na Lua Crescente, e antes sempre se deve pedir a autorização da árvore. Depois de cortado o galho, deve-se deixar alguma oferenda em agradecimento.
                    Ainda hoje, as Bruxas seguem esse procedimento, deixando mel e leite para as Fadas e Elementais, e um pouco de comida para os pássaros.
                    A Varinha pode ser enfeitada com símbolos, fitas, cristais ou algum objeto pessoal.

                       Livro Das Sombras

Picture
Um Livro das Sombras é um diário usado por praticantes de magia ritual para registrar rituais,feitiços e seus resultados, bem como outras informações mágicas. Tanto praticantes individuais quanto covens mantêm esse tipo de Livro. Nele são inscritos invocações, receitas de poções, métodos de realização de rituais, contos sobre a mitologia, enfim. Tudo relacionado à Wicca e à Bruxaria.

Em algumas Tradições Wiccanas (por exemplo a Gardneriana), o Livro das Sombras é um texto contendo os rituais, práticas e a sabedoria daquela Tradição. É normalmente copiado à mão pelo praticante, a partir da cópia de seu(sua) iniciador(a). O material da Tradição não pode ser mudado, apesar de que algumas adições possam ser feitas. Alguns Wiccanos mantêm ainda um Livro das Sombras pessoal, além daquele de sua Tradição. O Livro das Sombras recebe esse nome porque seu conteúdo deve ser mantido a sombras das realidades desse mundo. É tradicionalmente de capa preta com um pentagrama prata ou dourado na capa, mas outras cores como verde, marrom e azul marinho podem ser utilizadas e outros símbolos cravados.

Ao contrario de que encontramos muito por ai, o nome sombras não se originou na inquisição,o conceito refere-se a tudo que está oculto de nós mesmos, ou aquilo que não aceitamos em nós, nesse sentido, o seu livro é um excelente instrumento de auto conhecimento, podendo e devendo funcionar também como diário de suas emoções; tudo o que lhe aconteceu no seu passado e tudo o que você está passando agora pode ser relatado em seu livro pois a magia não está restrita a seus rituais, toda a sua vida é mágica! E são justamente essas as vivências que fizeram com que você se identificasse com a Bruxaria. É essa sensibilidade que muitas vezes fez com que se sentisse excluído de muitos contextos que faz agora com que você se sinta fazendo parte.

Como Monto meu Livro das Sombras?

Tradicionalmente, o Livro das Sombras, tem uma capa preta e geralmente com um pentagrama decorando-a, mas isso não importa, nem cores nem adornos, o importante e usar a imaginação e fazer com que seu diário pareça muito com você, afinal ele é seu e estará com você por toda sua jornada mágica!

A Escrita à mão também é muito aconselhada, pois escrevendo você incorpora toda a sua magia própria nos seus trabalhos, tornando cada vez mais pessoal e intransferível.

Muita gente opta por usar um fichário, eu também aconselho, pois, com um caderno, seu trabalho fica muito restrito ao número de páginas destes, com um fichário, é só adicionar folhas e pronto.

Com o mundo moderno e as tecnologias fluindo ao extremo, muitos adeptus montam os seus livros das sombras digitais, num cd, por exemplo, mas eu não gosto muito, pois nunca você terá um leitor de cds num ritual!

Mas o livro é um objeto pessoal, faça-o da forma que mais lhe agrade.

Lembrando que você não irá completá-lo de uma vez, o erro de quase todos os iniciantes, é querer saber de tudo de uma vez só, não adianta, o conhecimento vem com o tempo, nada pode ser adquirido com euforia e pressa, tenha paciência!

                               Túnica

Picture
A Túnica Embora muitos Covens (nome pelo qual são conhecidas as assembléias dos Bruxos, que significa Irmandade) prefiram trabalhar "vestidos de céu", ou seja, completamente nus, existe a opção de se usar a Túnica, tradicionalmente negra.
                   A cor negra isola as energias negativas, sendo ótima para ser usada quando se tem contato com grandes multidões ou pessoas negativas, pois impede que a sua energia seja "vampirizada". A cor negra não tem nenhuma ligação com o Mal, como se costuma pensar erroneamente.
                    Ela representa o Útero Universal, do qual nasceu toda a Luz, a escuridão da Terra onde germinam as sementes. Porém, não se deve usar somente a cor negra, pois precisamos da vibração de todas as cores.
                  Trabalhar nus ou com Túnicas deve ser uma escolha do grupo. Deve-se ter o cuidado para que a nudez não atraia pessoas mal-intencionadas. A nudez deve ser um sinal de pureza, de libertação de nossos medos e tabus.

                            Pentagrama

Picture
O Pentagrama Embora muitos achem que o Pentagrama não pertença Originalmente à Bruxaria, ele se tornou um de seus maiores símbolos.
                  A Estrela de Cinco Pontas representa as quatro Energias Formadoras do nosso Planeta, isto é, Água, Fogo, Terra e Ar, mais o quinto Elemento, que é o Espírito.
                  Usado com uma ponta para cima, ele é o símbolo da magia Benéfica, onde a Energia do Espírito controla as quatro Energias Formadoras da Matéria. Muitos Satanistas usam o Pentagrama com duas pontas para cima, significando o triunfo da Matéria sobre o Espírito, ou a vitória do Mal sobre o Bem.
                  Deve-se lembrar que, originalmente, o Pentagrama com duas pontas para cima representava o Deus Cornífero, e o Útero da Grande Mãe por sua semelhança com um útero e duas trompas. Só depois do advento do Cristianismo, ele foi desvirtuado como símbolo do Mal.
                 Também fazem parte da Wicca outros instrumentos como o Sino para abrir e fechar rituais, Incensórios, Castiçais e outros objetos opcionais.